3 Conto da Vampira: Maio 2012

sábado, 26 de maio de 2012

Rosaprax

]


Cansei das páginas de diários,
e lágrimas incansáveis....
Queria a liberdade ,gostaria de ouvir musicas no jardim,
e cantar com meu jardineiro ...

Então pintei meu rosto e olhei no espelho
senti uma leve tontura e joguei o lápis na parede.

e o espinho entrou na minha pele rasgando -a ,
e mostrando o diamante por debaixo da carne.

e uma rosa feita com prata,atravessada no coração.


Luciana A.Schlei




quinta-feira, 24 de maio de 2012

condessa com alma de corvo





O que antes era tristeza profunda,
Hoje é ansiedade.
Sempre haverá vinho para curar essa doença da alma,
E a escuridão para lhe abraçar...
Isso não é nada clichê ,e sim um fato que enlouquece os fanáticos por luz.


A chuva e suas lágrimas de gaia,
vem o tempo,e a desilusão
do louco sonho de viajar no tempo...







Luciana A.Schlei

domingo, 20 de maio de 2012




Os olhos vendados ,o coração também.
A alma reflete o vermelho do sangue de salém.

Caminho solitariamente por entre as vielas vazias.
Minha alma sorri ,quando encontra-se com aquele pássaro.
vermelho ,quase humano.
Quase uma lenda....um poema em carne viva.


Luciana A.Schlei





quinta-feira, 17 de maio de 2012

Sonolência semântica da alma silênciosa

 


Venho o sol e desceu pela minha alma pura,
queimando como a fogueira do sabbat.
No puro sul invernal ,as veias fervem em alegria
 e sabedoria de corujas paradas tão frias ...
Meu rosto triste em agonia de ver o circulo de ouro abandonado no lago.
o véu rasgado com vinho e milho prateado.

Meu sorriso calmo ,dançando com a noite,
o universo e a voz de amon a me sussurrar o segredo da vida.
olhava minha face no espelho e temia.
eles tinham medo de mim.... e eu também.

com cabelos loiros ele apareceu,
elegante ,e esperto,senti que eu conhecia -o.
um lugar sujo e mal encarado,ele veio me ajudar.

Quem é ele? _diziam os curiosos do labirinto de pedra...

olhei fixo ,para dentro de mim.
e respondi para minha alma semântica---___ele é o nada,do tudo.
algo que só o espirito reconhece.

que venham as noites de estrelas entrelaçadas pela alma do homem do deserto,
o sol governa o mundo com seu sorriso de ouro,e o resto do tudo é o nada.


aqui as palavras de :

Luciana A.Schlei









quarta-feira, 9 de maio de 2012







Viajei constelações até chegar a este corpo puro.
Eis que vejo ela descendo do alto e atravessando minha alma,adoradora de amon,trouxe-me um presente,e habitou meu coração.
A energia da morte é o desvelar dos mistérios da luz.




Luciana A.Schlei