3 Conto da Vampira: Novembro 2009

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Obsecado desejo


Obsecado desejo

quero tê-lo em meus braços...

quero acariciá-lo e chamá-lo de meu amor

quero amá-lo com muito ardor


todas as minhas noites...


mesmo que outra pessoa se manifeste eu o tomarei.


pois ele é só meu ,inteiramente meu.

o meu anjo, o meu demônio

aquele que quebrará minha maldição.


da janela de meu quarto dia e noite

fico observando

seu rosto tocando o da prostituta

meu peito doi

queima como fogo

derretendo como gelo.


o sangue da branca

vira pó

depois de alguns dias

e eu caio em seus braços pela primeira vez...


meu grande amor...

(Luciana Ap.Schlei)
Protected by Copyscape Plagiarism Checker

Mais um anjo que cai

Mais um anjo...

que cai nos meus braços sangrando...

mais um anjo que me beija

com calor.

puxa meus cabelos,me toca,me chama de meu amor.


mais um anjo que cai...

na minha vida,esta cuja ando solitária na noite fria.


mais uma pétala,mais um dia,mais uma alma.

mais uma lagrima.

meu desejo que arde em busca daquele que amo ao longe

aquele cujo sonho todas noites,

meu eterno principe passaro.

que voa livre entre os prados,

assim o desejo tê-lo em meu ser

(Luciana Schlei)

domingo, 22 de novembro de 2009


 nosso amor é eterno e pesar da distância,saiba que a gente vai fica junto.vamos ter paciência,por que se as lagartas esperam meses para poderem ter suas longas asas coloridas,nos tambem um dia teremos as nossas.!!!Olhe para a lua ,pense em mim por que eu estarei fazendo a mesma coisa"


"Que cada Lua Cheia me encontre a olhar para cima,
Dançando com os espíritos no ar,
Além do círculo luminoso da vida,
Nas árvores desenhadas no céu luminoso.
Deusa da noite que me ilumina,
Tome conta de nossos dias,
Permaneça ao meu lado.
Que eu possa me aproximar dos altos trabalhos da Terra
E dos círculos de pedra,
Que meu olhar seja direto e minha mão firme,
Sem medo de enfrentar meu próprio reflexo.
Abrace os mortos,
Fique ao seu lado,
Tome conta de nossos dias,
É o fim.
Não temas!
Sinta as sombras no seu coração,
"