3 Conto da Vampira: Julho 2010

sábado, 31 de julho de 2010

O rosto Sombrio


O Rosto Assombroso
estava tudo tão negro,
minha alma gritava ,aquele rosto sombrio...
eu admirava.
Rosto sedutor,face que enganava.
tão delicado anjo se ultrajava.

Era um pobre lixo no meio do nada,
com um rosto sem luz ,ele me hipnotizava.
todas as noites com ele eu sonhava.......
sim isto me perturbava.

minha veia latejava ,
e com o coração que pulsava eu gritava: _porque reinararás?
aos poucos eu me apaixonava,por aquele monstro sem nada.
era ilusão ,era "o nada"...ele sumira,eu me matará.

By*Luciana Schlei





quarta-feira, 21 de julho de 2010

Adormecida em lágrimas



Adormecida em lágrimas

SENTADA EM UMA CADEIRA
JOGADA EM LÁGRIMAS E PERDIÇÃO,
UM ANJO ME OLHAVA E OUVIA MINHA AMARGA CANÇÃO,

EU GRITAVA LOUCA E AFLITA
EM VÃO...
MEUS OLHOS VERMELHOS ,REPREZAVAM UM "NÃO",
O CHEIRO AMARGO DE ÓDIO ME ILUDIA
E TODOS OS DIAS EU OUVIA AS MESMAS PALAVRAS,
QUE SUSSURRAVAM O DESESPERO.


bY*Luciana Schlei

domingo, 18 de julho de 2010

Sangue de meu amor

sangue derramado sobre a taça

sangue em minhas mãos,

Morte de meu amor.

(Luciana Schlei)

____________________________________


'' cemiterio de anjos negros,

solidão na tempestade''

(Luciana Schlei)


"mundo negro

mundo negro....

almas sangrando,

uma era infeliz,

ao luar sobre a matriz."

Luciana Schlei


(escrevi este em maio de 2006)

Bem vindo

góticos

Ao nosso mundo....

Onde a tristeza e solidão são quem dominam,

Onde as estrelas se escondem nas trevas,

E a melodia é o fim.

(Luciana Ap.S)

sexta-feira, 16 de julho de 2010

A morte-poema 1

A morte me chama : LU-CI-A-NA
num profundo suspiro ,acordo de um sonho...

eu estava morta,não fisicamente mas epiritualmente.
Eu estava fria ,e calada ,eu não tinha amigos de verdade.
vivia presa em meu quarto,e de negro profundo e cabelo na cara!
oh,céus! ontem ela chegou perto de mim e disse: Luciana te chamo!
depressão ,cuja qual quis me agarrar,mas pensei na vida que tenho a enfrentar...
e disse a ela: _sai pra lá!!

segunda-feira, 12 de julho de 2010

domingo, 11 de julho de 2010

Onde estais ,oh rosa!



"Sumistes do meu jardim tão rapidamente em silêncio,
Que nem ao menos seu suspiro pude ouvir.
Serias uma rosa tão perturbada e roxa ,
que fugiu de mim?que fiz eu?
queria que falasses comigo ao menos mais uma vez!
meu rouxinol canta triste ,por falta de sua cor vermelha!

seria parís? seria minas douradas?
seria cordélia?cordélicada rosa?"


Luciana Schlei -a minha amiga carolina!